Chuvas torrenciais atingem o Japão e provocam inundações e deslizamentos

As inundações causaram a morte de pelo menos 2 pessoas e deixaram mais de 900 mil pessoas desabrigadas

Bombeiros e membros das Forças de Segurança do Japão passam por rua inundada nesta quarta-feira (28) em Takeo, Prefeitura de Saga. — Foto: Kyodo News via AP

As fortes chuvas que vem atingindo o Japão nos últimos dias já causaram a morte de pelo menos duas pessoas e deixaram mais de 900 mil pessoas desabrigadas, segundo informações das autoridades japonesas.

Além das vítimas, as fortes chuvas vêm causando inundações, deslizamentos de terra e alagamentos de estradas e rodovias, deixando províncias ‘ilhadas’.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, o Serviço Meteorológico do Japão informou que as tempestades devem continuar ocorrendo nos próximos dias, com chuvas intensas e fortes rajadas de vento.

Um carro é visto parcialmente submerso nesta quarta-feira (28) em uma rua inundada em Saga, no Sul do Japão. — Foto: Kyodo News via AP

Neste momento chega à redação do Campo Grande Notícias, a informação de que as autoridades japonesas determinaram a retirada de 1 milhão de pessoas que residem em regiões consideradas de risco, principalmente aquelas que moram em cidades localizadas no litoral do país.

Especialistas e meteorologistas acreditam que nas últimas 48 horas mais do que o dobro de chuvas esperadas para todo o mês de agosto já tenham caído sobre partes da Ilha de Kyushu, no Sul do país.

Rios transbordaram, alagando estradas e fazendo com que os serviços ferroviários fossem suspensos. Um homem ainda não identificado morreu quando seu carro foi arrastado por uma forte correnteza na Região de Fukuoka.

Na cidade de Saga, uma mulher morreu depois que seu carro caiu em um canal fluvial. Acredita-se que ela tenha morrido afogada.

Autoridades japonesas determinaram a retirada imediata de mais de 900 mil de suas casas de decorrência das tempestades e inundações que atingem o país. – Foto: WhatsApp/Reprodução

As Forças de Defesa do Japão mobilizaram soldados e policiais e enviaram para a região de Saga cerca de 100 homens e mulheres para ajudar no resgate das vítimas.

Por causa das inundações, várias estradas e rodovias estão fechadas. Algumas estações de trens e rodoviárias estão submersas. Imagens divulgadas pelas emissoras de TV e nas redes sociais mostram pessoas caminhando pelas ruas alagadas com água até os joelhos.

Imagens divulgadas via Twitter e WhatsApp é possível ver um mar de lama invadindo ruas de algumas cidades japonesas.

Policiais e bombeiros também foram mobilizados e enviados para regiões mais afetadas pelas chuvas e inundações. Em algumas casas, eles estão tendo dificuldades para entrar, devido aos destroços acumulados do lado de fora das residências, que impedem a abertura das portas e janelas.

Com informações das Agências France Presse, Reuters e NHK

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo