Jovem que trabalha em prol da Igreja é separada para função de Cooperadora

Leticia Gonçalves da Silva, nascida em Rio Verde de MT-MS, em 07/02 1994, foi separada para função de Cooperadora da Igreja Assembleia de Deus Missões, pelo pastor presidente Sérgio Teodoro de Castro. Filha de Rose Márcia Gonçalves Fonseca e Jurandir Ramos da Silva, conheceu a Igreja através de sua irmã Joiciele desde então frequenta o ministério.

Foto: Divulgação

Letícia é conhecida da maioria dos rio-verdenses, está na igreja há quase 07 anos e a gente sempre a vê com seu chapéu de palha pelas ruas de Rio Verde, vendendo rifa, produtos e carnês para ajudar nas obras de sua igreja. Ela insiste nas vendas, sempre sorridente e com seu jeito carismático, o que para algumas pessoas possa ser chatice, encheção, para ela é mais uma missão na sua constante causa de ajudar no crescimento da sua igreja, no seu trabalho na causa de Deus.

Muitas pessoas ás vezes ficam chateadas com as constantes abordagens da jovem Letícia, mas esquecem que o trabalho que ela realiza, é em função do mesmo Deus que ás vezes quando, está precisando da sua ajuda, certamente ele atende, porque estamos dando nossa contribuição, mesmo que seja comprando daquela simples vendedora.

Cooperadora

Foi um momento de muita alegria para a Jovem Letícia, pois, ela frequenta a Igreja há quase 07 anos e sempre contribuindo, com o que ela pode e mais sabe: Vender para a obra de Deus.

Ela é envolvida em todos os segmentos da Igreja Assembleia de Deus Missões, participando assiduamente dos cultos, escola dominicais e eventos realizados pela Igreja.

Ser cooperador de Cristo significa colocá-lo em primeiro lugar em nossas vidas.

Cooperar quer dizer ajudar, auxiliar e colaborar simultaneamente para um determinado bem. Moisés precisou de um cooperador para que o povo pudesse ser atendido e ele pudesse descansar. Jesus também tinha seus cooperadores. Professor você é um cooperador de Deus, domingo após domingo você ensina aos pequenos sobre Deus. Não se preocupe no tempo certo o Senhor Deus recompensará todos os vossos esforços. A Bíblia também relata a história de um jovem rico que queria seguir ao mestre da mesma forma que os discípulos o seguiam.

Ele perguntou a Jesus como proceder. Ao ouvir as regras para o alistamento o jovem se entristeceu e desistiu. Jesus disse a ele: venda tudo o que tem, dê o dinheiro aos pobres e depois siga-me. Ele não conseguia conceber a ideia de dar tudo que possuía. Este jovem perdeu a oportunidade, de ser um seguidor de Cristo um cooperador na seara do Mestre.

A contribuição com a obra de Deus e a oferta aos pobres e necessitados é uma prática bíblica inegável. Infelizmente, vivemos hoje dois extremos nesta questão: aqueles que, alimentados pela ganância, ultrapassam os limites das Escrituras e astuciosamente arrancam o último vintém dos incautos, e aqueles que amam mais o dinheiro do que a Deus e fecham o coração e o bolso, negligenciando a graça da contribuição, sendo infiéis na mordomia dos bens.

O rei Davi oferece-nos alguns princípios importantes sobre a contribuição que glorifica a Deus, quando se preparava para construir o templo de Jerusalém. Esses princípios podem ser vistos no texto de 1Crônicas 29.1-22.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo