Armamento pesado e material nazista são apreendidos no Norte da Itália

A polícia italiana apreendeu na manhã desta segunda-feira (15) em uma cidade no Norte da Itália uma grande quantidade de armas, munições, explosivos e materiais e equipamentos nazistas, além de um míssil do Exército do Catar. Três pessoas foram presas em flagrante.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais de notícias, o arsenal e os materiais nazistas foram encontrados em uma casa, que já estava sendo monitorada pelos policiais.

Policiais italianos examinam míssil apreendido nesta segunda-feira (15) no Norte da Itália – Foto: HO/Polizia di Stato/AFP

No local também foram encontradas e apreendidas 20 armas sofisticadas de diversos calibres, além de materiais de propaganda nazista. Alguns italianos que lutaram ao lado de rebeldes pró-russos, e que estavam na residência, também foram detidos.

As autoridades italianas acreditam que cidadãos italianos de extrema direita podem estar envolvidos em possíveis ataques e atentados a serem cometidos contra imigrantes.

A Operação Antiterrorista desencadeada hoje investigava italianos de “ideologia extremista”, que lutaram ao lado de rebeldes russos contra tropas ucranianas.

Imagem divulgada pela Polícia de Turim, na Itália, mostra armas e materiais nazistas apreendidas com extremistas de direita – Foto: HO/Polizia di Stato/AFP

O míssil apreendido hoje está em perfeito estado e é de um modelo utilizado pelo Exército do Catar. As autoridades árabes deste país não comentaram o ocorrido.

Das 20 armas sofisticadas apreendidas, 10 são rifles de assalto automáticos de última geração. Foram presos na operação, Fabio Del Bergiolo, de 50 anos, ex-candidato do movimento neofascista Forza Nuova; um cidadão suíço de 42 anos; e um cidadão italiano de 51 anos.

Os suspeitos foram detidos nas proximidades do Aeroporto de Forli, no Nordeste da Itália. Acredita-se que eles estavam tentando vender o míssil.

Imagem divulgada pela Polícia de Turim, na Itália, mostra armas e materiais nazistas apreendidas com extremistas de direita – Foto: HO/Polizia di Stato/AFP

O porta-voz da Polícia de Turim, Giuseppe De Matteis, disse em entrevista coletiva que os agentes possuem ideias sobre o que os suspeitos iriam fazer com as armas e o material apreendido, mas que essas suposições não serão reveladas.

Até o momento, não há nada que nos leve a pensar em projetos subversivos“, disse Eugenio Spina, integrante do sector antiterrorismo da Itália.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo