Primeiro SUV elétrico da Mercedes, EQC é confirmado no Brasil

Modelo ainda não tem data definida de lançamento, mas chegará para brigar com Jaguar I-Pace e Audi e-tron

Mercedes-Benz EQC

Elétrico Mercedes-Benz EQC será lançado por aqui em breve (Foto: Divulgação)

O EQC, primeiro SUV elétrico da Mercedes-Benz, que começou a ser produzido em maio na Alemanha, já deu as caras no Brasil – primeira unidade da América do Sul.

A fabricante apresentou o modelo na versão 400 4Matic e confirmou o lançamento no país durante o evento sobre o futuro da mobilidade CASE (sigla para Connected, Autonomous, Shared e Electric). Ainda não há data confirmada para o início das vendas, que deve ocorrer apenas em 2020.

Equipado com dois motores elétricos – um em cada eixo – capazes de entregar 408 cv de potência combinada e 78 kgfm de torque, o EQC chegará ao país para concorrer com Jaguar I-Pace, que já está nas lojas, e com o Audi e-tron, prometido para desembarcar por aqui ainda neste ano.

SUV tem dois motores que entregam 402 cv e autonomia de 450 km (Foto: Divulgação)

SUV tem dois motores que entregam 402 cv e autonomia de 450 km (Foto: Divulgação)

O compatriota, aliás, será seu principal rival. Mas tem apenas 300 cv e é mais lento na aceleração de zero a 100 km/h: enquanto o Mercedes chega à marca em 5,1 segundos, o Audi leva 6,3 s na mesma prova. Já a autonomia de ambos fica em 400 km.

São bons números para um SUV de 2.400 kg – só o conjunto das baterias, por exemplo, pesa 654 kg. Já a velocidade máxima é limitada a 180 km/h.

Duas telas de 10,25" no interior e acabamento de alumínio dão ar futurista à cabine (Foto: Divulgação)

Duas telas de 10,25″ no interior e acabamento de alumínio dão ar futurista à cabine (Foto: Divulgação)

O modelo mede 4,76 metros de comprimento, 1,88 m de largura, 1,62 m de altura e tem 2,87 m de entre-eixos.

Sua identidade visual adianta como será a linha elétrica da Mercedes, com grade em formato diferente e faróis mais afilados, com destaque para os contornos de LED próximos à entrada de ar.

A marca promete ter mais de 130 versões e modelos híbridos e elétricos até 2022.

O sistema multimídia MBUX na cabine conta com duas telas de 10,25 polegadas, uma para o painel de instrumentos e outra para entreter os passageiros. O interior é futurista, com piano black e alumínio no acabamento.

Com carregador da marca, 80% da carga é completada em 40 minutos (Foto: Divulgação)

Com carregador da marca, 80% da carga é completada em 40 minutos (Foto: Divulgação)

O preço do EQC na Alemanha é de 71.281 euros, o equivalente a pouco mais de R$ 305 mil. Por aqui a marca ainda não divulgou quanto o SUV vai custar, mas a estimativa é de que a tabela fique em torno de R$ 500 mil para se manter na mesma faixa dos rivais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo