Bomba da Segunda Guerra é encontrada e desativada na Alemanha

O explosivo estava localizado na Praça Alexanderplatz, no Centro de Berlim, capital do país.

Uma bomba norte-americana da época da Segunda Guerra Mundial foi encontrada na tarde desta sexta-feira (16) em Berlim, capital da Alemanha. Foi necessário evacuar cerca de três mil pessoas.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, o artefato explosivo foi localizado enterrado por trabalhadores na icônica Praça Alexanderplatz, onde também funciona um famoso centro comercial.

Os trabalhadores realizavam obras na região quando encontraram a bomba, de aproximadamente 100 quilos. Os trabalhos foram suspensos e as autoridades policiais foram acionadas.

Uma bomba dos EUA, da época da Segunda Guerra, foi encontrada neste sábado (14) no Centro de Berlim, na Alemanha – Foto: John MacDougall/AFP

A polícia isolou a área e estabeleceu um perímetro de segurança de 300 metros ao redor do local onde a bomba foi encontrada. Todos os moradores e trabalhadores que estavam dentro desta área tiveram que deixar suas casas e estabelecimentos comerciais.

Informações preliminares revelam que o detonador da bomba ainda estava intacto, mesmo depois de 60 anos do término da Segunda Guerra Mundial.

Policiais e membros do Esquadrão Antibombas permaneceram no local por horas, tendo conseguido desativar o explosivo com segurança na madrugada deste sábado (15).

O detonador foi destruído com sucesso. Estamos retirando aos poucos os bloqueios. Em breve, vocês poderão retornar a suas casas”, disse a polícia de Berlim nas redes sociais.

A bomba, de aproximadamente 100 quilos, foi desativada, mas antes cerca de 3 mil moradores tiveram que deixar suas casas — Foto: Gregor Fischer/DPA

Durante a desativação da bomba, a polícia disse ter encontrado problemas técnicos para desarmar o explosivo, mas que os mesmos foram resolvidos rapidamente.

A polícia estabeleceu uma área de segurança de aproximadamente 300 metros, tendo sido suspenso o tráfego de veículos na região, incluindo linhas de trens.

As autoridades policiais alemãs possuem uma vasta experiência no desarmamento de bomba e explosivos, já que bombas da Segunda Guerra Mundial são facilmente encontradas em solo alemão.

Os artefatos explosivos lançados pelos Aliados (França, Estados Unidos, Grã-Bretanha e União Soviética), e que não explodiram ainda provocam grandes operações de evacuação de moradores e de desativação dos mesmos.

A maior evacuação deste tipo desde 1945, quando terminou oficialmente a Segunda Guerra Mundial, aconteceu em setembro de 2017, em Frankfurt, quando foi encontrada uma enorme bomba britânica com uma carga explosiva de 1,4 tonelada. Ao todo, foram retirados de suas respectivas casas 65 mil pessoas.

Na maioria das vezes as forças de segurança conseguem desarmar as bombas outras, no entanto, se faz necessário realizar uma explosão ‘controlada’.

A Alemanha como um todo sofreu bombardeios aéreos diários durante a Segunda Guerra Mundial. Berlim, capital do país, foi uma das cidades que mais foram bombardeadas, em particular na Primavera de 1945, quando um terço das casas e prédios foram completamente destruídos. Milhares de pessoas pereceram.

Especialistas acreditam que ainda existem no subsolo de Berlim cerca de 4,5 mil bombas não detonadas. Todas as obras realizadas na cidade são feitas com segurança e qualquer indício de bomba, elas são imediatamente paralisadas e a polícia é acionada.

Com informações das Agências France Presse e Deutsche Welle

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo