Israel bombardeia a Faixa de Gaza e deixa mortos e feridos

Israel bombardeou na manhã deste sábado (4) a Faixa de Gaza, causando a morte de pelo menos quatro civis palestinos e deixando outros 12 feridos. As autoridades israelenses disseram que o bombardeio foi uma resposta ao Hamas por terem lançado foguetes em território israelense.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, o alvo dos israelenses teriam sido plataformas de lançamento de foguetes e instalações do Hamas na Faixa de Gaza.

A fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza foi fechada por tempo indeterminado, e o envio de suprimentos e equipamentos para o território palestino foi suspendo.

Israel bombardeio neste sábado (40 a Faixa de Gaza, na Palestina, causando a morte de 2 pessoas – Foto: Hatem Moussa/AP

Ao todo, as Forças de Defesa de Israel lançaram 90 projéteis, os quais atingiram vários alvos palestinos, inclusive instalações civis como escolas e prédios comerciais.

O porta-voz das Forças de Defesa de Israel disse que: “Uma aeronave israelense atacou duas plataformas de lançamento de foguetes no norte da Faixa de Gaza, e que tanques atacaram posições militares da organização terrorista Hamas“.

Já um pequeno grupo armado aliado do Hamas em Gaza, denominado de ‘Os Protetores de Al-Aqsa’, disse que um de seus homens foi morto durante os ataques israelenses deste sábado (4).

O ataque foi uma resposta depois que palestinos lançaram foguetes contra o território israelense. – Foto: Reprodução

Testemunhas disseram que as sirenes soaram na cidade israelense de Sderot durante o lançamento de foguetes palestinos, e que logo depois houve o bombardeio feito pelas Forças de Defesa de Israel.

As sirenes tambpem soaram nas cidades de Shaar Hanegev, Sdot Neguev, Hof Ashkelon e Eshkol. Na cidade de Ashkelon, as autoridades locais determinaram que os civis fossem para abrigos antiaéreos.

Já os palestinos disseram terem ouvidos explosões em Gaza, e que a escalada de violência na região aumentou depois que dois soldados israelenses ficaram feridos após disparos efetuados por integrantes do Hamas.

Por causa do conflito, as autoridades israelenses decidiram neste sábado (4) bloquear estradas e áreas próximas a Gaza. Uma praia também foi interditada.

Com informações das Agência France e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo