Temporais atingem a África do Sul e deixam mais de 50 mortos

Temporais intensos estão atingindo a África do Sul desde terça-feira (23) e já causaram a morte de pelo menos 50 pessoas, além de terem deixado um rastro de destruição em várias cidades.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, as tempestades também causaram deslizamentos de terra, alagamentos e inundações, principalmente na Região Leste do país.

As autoridades sul-africanas confirmaram agora a pouco que centenas de pessoas tiveram que deixar suas casas por causa dos alagamentos, tendo todas sido levadas para abrigos públicos ou casa de amigos e parentes.

Moradores observam a destruição em Amanzimtoti, na África do Sul, na terça-feira (23) – Foto: Foto: Rogan Ward/Reuters

Ainda na Região Leste do país, vários prédios e edifícios desabaram, causando pânico entre os moradores. As autoridades acreditam que o número de mortes pode aumentar nas próximas horas, já que muitas vítimas permanecem sob os escombros das edificações que desmoronaram.

Na cidade portuária de Durban, na Província de KwaZulu-Natal, centenas de pessoas foram retiradas de suas casas, devido ao alto risco de inundações e deslizamentos de terra. O número oficial de desabrigados ainda não foi divulgado.

Na Província do Cabo Oriental, três pessoas morreram em decorrência das inundações. As três vítimas foram arrastadas pela forte correnteza.

A emissora estatal SABC noticiou que um morador da cidade litorânea Amanzimtoti, identificado como sendo Victor da Silva, conseguiu sair a tempo de sua casa, antes que as inundações destruíssem a residência e arrastasse o seu veículo.

O porta-voz dos Serviços de Emergências Médicas de KwaZulu-Natal, Robert McKenzie, disse em entrevista coletiva que dezenas de moradias foram destruídas em decorrência dos deslizamentos de terra e lama.

Já o presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, visitou na manhã desta quarta-feira (24) comunidades em KwaZulu-Natal que foram afetadas pelo temporal. Nos próximos dias ele deve ir a Cabo Oriental.

O Serviço Meteorológico da África do Sul prevê para as próximas horas, tempo instável com possibilidade de temporais e fortes rajadas de vento.

Com informações das Agências Associated Press e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo