Israel bombardeia a Faixa de Gaza e deixa 45 palestinos feridos

Civis palestinos carregam o corpo de um rapaz de 23 anos, morto nesta sexta-feira (08) durante um conflito na fronteira entre a Faixa de Gaza e Israel — Foto: Said Khatib/AFP

O Exército de Israel bombardeio entre a noite de sexta-feira (08) e a madrugada deste sábado (09) a Faixa de Gaza, causando a morte de 1 civil palestino e deixando outros 45 feridos.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais de notícias, citando como fontes militares israelenses, o bombardeio foi uma resposta de um foguete lançado pelo Hamas, grupo radical palestino que controla a Faixa de Gaza.

Um porta-voz do Exército Israelense disse que o bombardeio teve como alvos, bases e prédios do Hamas, onde são preparados bombas e foguetes para serem lançados em território israelense.

O comunicado do Exército de Israel diz ainda que: “O ataque aconteceu em resposta ao disparo de um projétil da Faixa de Gaza durante a noite [de sexta-feira] e à violência permanente procedente da Faixa de Gaza, sobretudo, o lançamento de balões com artefatos explosivos e as tentativas de danificar as infraestruturas de segurança nos últimos dias“.

Lembrando que na sexta-feira (08) houve manifestações e confrontos na fronteira entre a Faixa de Gaza e Israel, os quais causaram a morte de 2 palestinos e deixaram outros 15 feridos.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo