Ataque com faca deixa 1 morto e 2 feridos em Melbourne, na Austrália

Uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas na manhã desta sexta-feira (09/11) em Melbourne, na Austrália, depois que elas foram esfaqueadas por um homem, cuja identidade não foi revelada. O suspeito foi baleado pela polícia e preso, mas acabou morrendo a caminho do hospital.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais de notícias, o ataque ocorreu por volta das 16h35min (horário local), em uma movimentada rua da cidade. Durante o atentado, várias pessoas entraram em pânico e correram desesperadas pelas ruas da região, tentando deixar o local rapidamente.

Policiais isolam veículo usado por agressor em Melbourne, na Austrália — Foto: AAP/James Ross/via Reuters

Equipes de resgate, policiais, bombeiros e paramédicos foram acionados e rapidamente chegaram a região, que foi isolada e cercada.

Policiais australianos estão neste momento fazendo uma ‘varredura’ na região, tentando localizar possíveis cúmplices do suspeito, que ainda não teve a identidade revelada.

As autoridades policiais australianas estão tratando o caso como atentado terrorista e aumentou o estado de alerta em todo o país. O Estado Islâmico já reivindicou para si a autoria do ataque.

Testemunhas disseram que o suspeito, um homem alto, de calça branca e túnica preta, chegou ao local do ataque em um veículo de passeio, o qual foi estacionado na Rua Bourke. Ele desceu do carro armado com uma faca e começo a atacar as pessoas, que assustadas correram.

Policial caminha próximo ao corpo de uma das vítimas do ataque desta sexta-feira (09/11) em Melbourne, na Austrália — Foto: AAP/James Ross/via Reuters

Outra testemunha, que pediu para não ter o nome revelado, disse que o suspeito atirou para dentro do carro, um objeto, o qual era muito parecido com uma granada. A informação, no entanto, não foi confirmada pela polícia.

Há relatos, ainda não confirmados, de que o carro do suspeito teria explodido e se incendiado. Bombeiros permanecem no local, tentando apagar o fogo.

Os primeiros policiais que chegaram ao local também foram alvos da fúria do suspeito, e para não serem esfaqueados, atiraram contra o agressor que, ferido, caiu no chão.

As equipes de emergência socorreram os feridos e os encaminharam para hospitais da região. Já o corpo da vítima fatal foi resgatado e levado para o necrotério de um dos hospitais.

Carro em chamas é visto perto do Bourke Street Mall, no Centro de Melbourne, na Austrália, nesta sexta-feira (09/11). Imagem extraída das redes sociais — Foto: Will Mitchell/via Reuters

A Região Central de Melbourne, capital do Estado de Victoria, foi interditada pela polícia, e ainda permanece com as ruas e avenidas bloqueadas. Dezenas de agentes policiais patrulham a área.

O porta-voz da Polícia de Victoria, David Clayton, disse em entrevista coletiva não acreditar que o ataque tenha sido um ato terrorista, no entanto, ressaltou que somente após o término das investigações é que será possível saber de fato o que aconteceu, e se o que houve foi um atentado terrorista.

O suspeito é conhecido da polícia australiana, principalmente por causa de seus familiares, cujos integrantes já foram presos por vários delitos.

No carro do suspeito foram encontradas e apreendidas bombas de gás, as quais seriam utilizadas no ataque.

A Austrália está em estado de alerta máximo desde 2015, quando uma tentativa de atentado ocorreu no país.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo