Avião da Air France é obrigado a voltar a Paris após falha na rota

O piloto foi proibido de voar em espaço aéreo russo e teve que retornar ao Aeroporto de Paris, na França.

Um avião comercial da Air France, que partiu do Aeroporto Internacional de Paris, na França, com destino a Ho-Chi-Minh, capital do Vietnã, teve que retornar ao ponto de partida na tarde desta sexta-feira (02/11), depois que o piloto foi proibido de sobrevoar o espaço aéreo russo.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais de notícias, a companhia aérea responsável pelo voo disse que houve uma “pane informática” no avião, mudando sua rota, que não previa sobrevoar o espaço territorial da Rússia. Segundo informações da Rádio Europe 1, o voo AF258 decolou do Aeroporto Internacional Roissy-Charles-de-Gaulle, em Paris, capital da França, por volta das 13h10min (horário local), mas depois de algumas horas o piloto da aeronave informou os passageiros e demais tripulantes que não havia obtido autorização para sobrevoar o espaço russo e, que por essa razão, iria retornar a Paris.

Avião da Air France é obrigado a voltar ao Aeroporto Charles-de-Gaulle, em Paris, após ter sido proibido de sobrevoar o espaço aéreo russo. – Foto: B1/Creative Commons/Cortesia

Apesar do susto, ninguém ficou ferido, e todos os passageiros foram realocados em outros voos.

A decolagem e a aterrisagem aconteceram sem incidentes em Paris, apesar de uma tentativa de pouso no Aeroporto Internacional de Varsóvia, na Polonia.

Um porta-voz da companhia aérea informou que uma pane no sistema de rotas poder ter causado o incidente, no entanto, a direção da empresa parece não saber o que de fato ocorreu.

Uma porta-voz da companhia aérea disse que entre o fim de outubro e o início de novembro de cada ano acontece várias mudanças nos horários de voos, e que o governo russo costuma fechar seu espaço aéreo em determinadas regiões do país.

O fim de outubro, todos os anos, é marcado por mudanças nos horários dos voos. É possível que a rota escolhida para esse voo tenha sido fechada involuntariamente em razão de uma pane“, disse a porta-voz da empresa.

O fechamento do espaço aéreo russo em algumas regiões, no entanto, não atinge todos os voos que utilizam essas rotas para chegar a países da Ásia, porém o voo AF258 sobrevoou o Norte da Rússia, uma área onde não é uma rota usual de voos comerciais.

Acidente no Aeroporto de Roissy-Charles-de-Gaulle, em Paris

Nesta quinta-feira (1º de novembro), um avião da Companhia Aérea Delta Air Lines, colidiu em uma aeronave da Air France e apesar do susto, ninguém se feriu. Todos os passageiros e tripulantes foram retirados das duas aeronaves.

As causas do acidente serão devidamente apuradas pelas autoridades francesas. Os dois aviões foram levados para os respectivos hangares, onde serão vistoriados antes de serem encaminhados para a revisão e manutenção.

Testemunhas disseram que uma das asas do avião da companhia aérea norte-americana colidiu na cauda da outra aeronave, que decolaria com destino a Saint-Martin, nas Antilhas.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo