Descarrilamento de trem deixa 18 mortos e 100 feridos em Taiwan

Um trem de passageiros descarrilou na manhã deste domingo (21/10) próximo a Taipé, no Norte de Taiwan, e deixou pelo menos 18 mortos e 100 feridos. As causas do acidente ainda são desconhecidas e já estão sendo investigadas pelas autoridades.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, o acidente aconteceu por volta das 05h55min (horário de Brasília), e transportava 366 passageiros, tendo alguns ficado gravemente feridos.

Equipes de emergência foram mobilizadas e já estão no local do acidente, que foi isolado e cercado pelas autoridades policiais. Apenas as equipes de resgate podem se aproximar dos vagões que descarrilaram.

Acidente ferroviário deixa18 mortos e 100 feridos em Taiwan – Foto: Li Jun via AP

O Escritório de Informação do Governo de Taiwan divulgou uma nota à imprensa informando que o trem seguia de Shulin a Taitung e que transportava 366 passageiros, além de dois maquinistas. As vítimas já estão sendo socorridas e encaminhadas a hospitais da região.

Uma fonte médica, que preferiu o anonimato, disse que alguns feridos estão sendo levados de helicópteros para os hospitais.

As equipes de resgate contam com o apoio de 120 militares das Forças Armadas de Taiwan e 120 bombeiros. Ao todo, oito vagões descarrilaram.

Testemunhas disseram que o maquinista perdeu o controle da composição quando fez uma curva, tendo vários vagões descarrilado, ou seja, saindo da estrada de ferro.

Há relatos, ainda não oficialmente confirmados, de que o trem teria colidido com dois postes de cimento de energia elétrica, os quais foram derrubados.

Dos oito vagões que descarrilaram, cinco ficaram bastante danificados. As equipes de busca e salvamento tiveram dificuldades para entrar nos vagões, devido as deformações nas portas e na fuselagem.

Os bombeiros tiveram que usar maçaricos para abrir saídas na fuselagem e conseguir retirar as vítimas, sendo que algumas estavam presas as ferragens.

As autoridades taiwanesas informaram que uma das razões do elevado número de vítimas (feridos e mortos) é a falta de costume no uso de cinto de segurança nos trens. Não existe lei que obrigue os passageiros a usarem esse equipamento de segurança.

O governo de Taiwan abriu uma sindicância para apurar as causas do acidente e possíveis responsáveis pelo mesmo. A empresa responsável pela ferrovia informou que o trem passou por uma revisão e manutenção há cerca de um ano, e que ela estava em boas condições de uso.

Com informações das Agências EFE e AFP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo