Sobe para 1,5 mil o número de mortos na Indonésia

O país foi atingindo por um forte terremoto e por um devastador tsunami.

Subiu para 1.500 o número de mortos no terremoto, seguido por um tsunami, na Ilha de Sulawessi, na Indonésia. As autoridades locais estimam em 1.200 o número de desaparecidos.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, as autoridades da Indonésia deram um prazo para as equipes de emergência encontrarem sobreviventes. As equipes têm até a meia noite de hoje para encontrar vítimas que possam estar soterradas e/ou sob os escombros.

Equipes de resgate continuaram nesta sexta-feira (05/10) os trabalhos de busca e salvamento em Petobo e Palu – Foto: Beawiharta/ Reuters

Em 28 de setembro deste ano, a cidade de Palu, com cerca de 350 mil habitantes, localizada na Costa Oeste da Indonésia, foi atingida por um terremoto de magnitude de 7,5 graus na Escala Richter. Após, houve um tsunami com ondas gigantes de até 6 metros de altura.

Os sobreviventes do terremoto tiveram que enfrentar o tsunami, que devastou a região. Pessoas e carros foram arrastados pelas ondas, e foram levados para o alto mar.

Várias construções foram atingidas e muitas delas foram totalmente destruídas, tendo virado escombros. Muitas pessoas que conseguiram sobreviver ao terremoto e ao tsunami foram soterradas.

Equipes de resgate procuram nesta sexta-feira (05/10) sobreviventes que possa estar sob os escombros em Palu, na Indonésia – Foto: Mohd Rasfan / AFP

Equipes de resgate continuam trabalhando nas regiões mais afetadas tentando socorrer possíveis sobreviventes. As chances de se encontrar alguém com vida diminuem a cada dia.

Vários países ofereceram ajuda a Indonésia e essa valiosíssima ajuda já começa a chegar ao país. A Organização das Nações Unidas (ONU) se comprometeu a liberar 15 milhões de dólares em ajuda financeira, mas as dificuldades logísticas e a dúvida com o governo indonésio estão provocando a demora na liberação dos recursos financeiros.

Há relatos de que pessoas estão saqueando casas que foram abandonadas e mercados que foram parcialmente danificados. A polícia está agindo com rigor contra os saqueadores.

Cerca de 1.200 pessoas podem estar sob os escombros em cidades da Indonésia, devastadas por um terremoto e por um tsunami – Foto: WhatsApp/Reprodução

Estradas e aeroportos foram seriamente danificados e o abastecimento de energia elétrica continua suspendo em várias regiões, incluindo a cidade de Palu, que permanece às escuras.

Cerca de 800 pessoas continuam acampadas no Aeroporto de Palu, à espera do momento certo para deixar a cidade.

Apesar dessa tragédia, parte da população tenta volta à normalidade. Alguns bancos e estabelecimentos comerciais já abriram e estão atendendo as pessoas. Algumas crianças estão brincando nas ruas, sob o olhar atento dos pais.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo