Terremoto e tsunami atingem ilhas na Indonésia

Um forte terremoto de magnitude de 7,5 graus na Escala Richter atingiu nesta sexta-feira (28/09) várias ilhas na Indonésia, causando a morte de pelo menos duas pessoas e deixando outras 10 feridas. O abalo sísmico veio acompanhado por um tsunami, com ondas de até 2 metros de altura.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, o tremor atingiu principalmente as Ilhas de Sulawese e Palu, onde foram destruídas dezenas de casas.

As autoridades locais afirmam cerca de 350 pessoas encontram-se desabrigadas e que outras 200 estão desaparecidas.

Casas foram danificadas em Donggala, no centro de Sulawesi, na Indonésia, depois do forte terremoto que atingiu o país nesta sexta-feira (28). — Foto: Agência de Gestão de Desastres via AP

Equipes de emergência, formada por policiais, bombeiros, médicos e membros da Defesa Civil foram mobilizadas e enviadas para as regiões mais afetadas.

O Serviço Geológico da Indonésia informou que o terremoto foi seguido por tremores secundários de até 6,7 graus na Escala Richter. Por causa desses tremores, muitas pessoas estão preferindo passar a noite na rua.

O porta-voz da Indonésia para desastres, Sutopo Purwo, disse em entrevista coletiva que o tsunami atingiu a cidade de Palu, que é a capital da Província de Sulawese, além de uma cidade menor, Donggala.

Imagens que circulam pelas redes sociais mostraram o momento exato em que uma onda gigante invade uma área costeira na cidade de Palu, devastando e carregando tudo que está a sua frente.

Paciente é retirado de hospital em Poso, no centro da ilha de Sulawesi, na Indonésia, danificado por um forte terremoto nesta sexta-feira (28) — Foto: Yoanes Litha/ AP

A imprensa indonésia não confirmou a veracidade das imagens, mas as cenas captadas coincidem com os arredores de um shopping center em Palu.

Testemunhas disseram que o fornecimento de energia elétrica e de telefonia fixa e móvel foram suspenas em várias regiões, mas que técnicos estão providenciando para que sejam restabelecidas o mais rapidamente possível.

Sutopo Purwo disse ainda que várias casas foram destruídas e que muitas famílias estão sendo consideradas desaparecidas. Equipes de busca e salvamento estão tentando encontrar pessoas sob os escombros de residências e prédios.

Aviões Hércules e helicópteros foram cedidos as equipes de resgate e devem entrar em operação nas próximas horas.

O Aeroporto de Palu suspendeu todas as operações por 24 horas, devido aos danos causados pelo terremoto na infraestrutura. O tráfego aéreo deve voltar à normalidade neste sábado (29/09).

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo