Atentado a bomba deixa mortos e feridos no Afeganistão

Um atentado a bomba ocorrido na manhã desta terça-feira (11/09) na província de Nanharhar, no Leste do Afeganistão, causou a morte de pelo menos 22 pessoas e deixou outras 23 feridas. O autor do ataque também morreu.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais de notícias, o atentado aconteceu em uma estrada entre a cidade de Jalalabad e a fronteira com o Paquistão, onde estava sendo realizada uma manifestação com a presença de centenas de pessoas.

Logo após a explosão, equipes de emergência e membros das Força de Segurança cercaram o local do atentado em Nanharhar, no Afeganistão – Foto: Jawad Jalali/EPA – Cortesia

Testemunhas disseram que o suspeito, um homem-bomba, estava vestido como repórter e se aproximou da multidão, detonando os explosivos.

Autoridades locais disseram que os manifestantes protestam contra uma milícia local, que age indiscriminadamente na região, matando civis e provocando o terror na região.

A Província de Nangarhar, na fronteira com o Paquistão, tem sido alvos de vários ataques e atentados nos últimos meses. A maioria desses ataques foram reivindicados pelo Grupo Estado Islâmico.

Há relatos, ainda não oficialmente confirmados, de que houve uma segunda explosão no local do atentado desta terça-feira (11/09) em Nanharhar, no Afeganistão – Foto: Jawad Jalali/EPA – Cortesia

Até o momento nenhum grupo assumiu a autoria do atentado de hoje.

Equipes de resgate, policiais, paramédicos, bombeiros e membros das Forças de Segurança foram acionadas e já estão no local do atentado, que foi isolado e cercado.

Testemunhas disseram que entre as vítimas (mortos e feridos) estão dezenas de repórteres e correspondentes estrangeiros que faziam a cobertura jornalística da manifestação.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo