Temporais e nevascas atingem a Europa e voos são cancelados

Em Amsterdã, na Holanda, mulher pode ser vista empurrando sua bicicleta em uma rua coberta por neve – Foto: Peter Dejong / AP Photo

Tempestades de neve e fortes rajadas de vento atingiram nesta segunda-feira (11/12) vários países da Europa, provocando transtornos as populações e causando cancelamentos de voos, fechamento de escolas e pontos turísticos, e suspensão no fornecimento de energia elétrica.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, em Paris, na França, a Torre Eiffel foi fechada e as autoridades locais pediram aos turistas que permanecessem dentro dos hotéis.

No Reino Unido, escolas foram fechadas e as aulas foram suspensas por tempo indeterminado. Na Holanda e na Bélgica, aeroportos foram fechados e centenas de voos foram cancelados.

O Governo da Holanda informou que no Aeroporto de Amsterdam-Schiphol, mais de 400 voos foram cancelados, tendo muitos passageiros ficado retidos nos terminais de embarque e desembarque, já que não puderam voltar aos respectivos hotéis por causa do excesso de neve nas rodovias e estradas.

O porta-voz do aeroporto de Amsterdam, Paul Weber, disse que o Amsterdam-Schiphol concentra cerca de um terço do tráfego aéreo europeu, e que por causa do fechamento, aeroportos de outros países que ainda estavam abertos tiveram que cancelar alguns voos.

As pessoas têm que se informar, olhar os sites e buscar como chegar aqui, considerando que os trens estão com problemas“, disse Paul Weber.

A tempestade de neve cobriu as pistas do Aeroporto de Bruxelas, capital da Bélgica, colocando em risco a aviação civil. Voos foram cancelados. – Foto: Eric Lalmand / Belga / AFP

O porta-voz Paul weber prevê também que haverá atrasos e cancelamentos de voos entre a noite desta terça-feira (12) e a madrugada de quarta-feira (13).

Na Bélgica, cerca de 300 voos foram cancelados na segunda-feira (11/12) no Aeroporto de Bruxelas, capital do país, e outros 100 sofreram atrasos de até duas horas.

A porta-voz do aeroporto, Florence Müls, disse que entre a noite de terça-feira (12/12) e a madrugada de quarta-feira (13/12) poderão ocorrer atrasos e cancelamentos de voos.

Por causa da tempestade de neve que atingiu a cidade de Bruxelas, o encontro previsto entre o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu e o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, teve que ser cancelado. Ainda não há previsão de um novo encontro entre os dois líderes.

Na França, a tempestade de neve obrigou as autoridades a fecharem pontos turísticos e estabelecimentos de entretenimento. No litoral, as fortes rajadas de vento, de até 150 km/h, provocaram ondas gigantes.

Em Paris e em regiões próximas, cerca de 50 mil residências ainda permaneciam sem energia elétrica na tarde desta terça-feira (12/12). As autoridades francesas informaram agora a pouco que já chega a 125 mil o número de residências sem eletricidade.

No Reino Unido, centenas de escolas foram fechadas entre segunda-feira (11/12) e terça-feira (12/12). Em Birmingham, a neve causou a interrupção dos serviços de transporte público.

No Sul da Espanha, a tempestade de neve provocou a interrupção da ligação marítima entre Algeciras e Tanger, no Marrocos. A Região de Ceutas está isolada.

Em Portugal, mais precisamente na Região do Porto, uma pessoa morreu em decorrência da queda de uma árvore sobre um veículo. Um passageiro sobreviveu e foi socorrido.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo