Deputado Amarildo Cruz volta a questionar construção de estacionamento no TJ

Na sessão plenária desta quarta-feira (16), o deputado estadual Amarildo Cruz (PT) voltou a questionar o Presidente do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul, Desembargador Divoncir Schreiner Maran sobre um projeto de construção de mais um estacionamento no órgão para atender os servidores públicos estaduais.

No requerimento o parlamentar indaga sobre a limpeza que está sendo executada na área, retirando parte da mata nativa e até de árvores e se há algum projeto para a construção. O segundo secretário da Assembleia Legislativa questiona ainda se a Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização (SAD) foi consultada sobre a limpeza e a proposta para a construção do calçamento e solicita a cópia do projeto.

“Voltamos a questionar sobre esse projeto, visto que recebemos uma denúncia de que seria construído um novo estacionamento para os servidores públicos, o que implicaria em derrubada de árvores e retirada de parte da mata nativa. A resposta do TJ foi de que fariam apenas um calçamento, porém, até para isso é necessária a retirada da vegetação, comprometendo a flora do local”, justificou o parlamentar que na semana passada já havia questionado sobre a possível obra.

O requerimento de informações é baseado na preocupação do deputado Amarildo Cruz que tem como uma das bandeiras do seu mandato a preservação ambiental da área do Parque do Poderes, tendo inclusive um projeto de lei em tramitação que cria o Complexo de Preservação, Proteção e Recuperação Ambiental dos Poderes, com o objetivo de preservar os Parques das Nações Indígenas, Parque Estadual do Prosa e o Parque dos Poderes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo