Terremoto atinge a Nova Zelândia e deixa cerca de 2 mortos

Um forte terremoto atingiu neste domingo (13/11) a Nova Zelândia, causando destruição e mortes – Foto: Ross Serford/SNPA/AP

Um forte terremoto atingiu neste domingo (13/11) a Nova Zelândia, causando destruição e mortes – Foto: Ross Serford/SNPA/AP

Um forte terremoto de magnitude de 7,8 graus na Escala Richter atingiu neste domingo (13/11) a Nova Zelândia, causando a morte de pelo menos duas pessoas e deixando outras 35 feridades. Ainda não foi emitido alerta de tsunami.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos de (USGS – sigla em inglês), informou que o terremoto que atingiu a Nova Zelândia neste domingo (13/11), por volta das 09h05min (horário de Brasília), foi de magnitude de 7,8 graus na Escala Richter, a 23 km de profundidade, com epicentro próximo ao vilarejo turístico de Hanmer, em North Canterbury, na Ilha do Sul.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, os danos são consideráveis, mas as equipes de resgate estão trabalhando com a possibilidade de não haver mais vítimas fatais, além das duas mortes já divulgadas pelo primeiro-ministro John Key.

Nós não temos nenhuma indicação no momento de acreditar que vai subir [o número de mortos], mas não podemos descartar isso“, disse John Key a repórteres na capital, Wellington.

O primeiro-ministro neozelandês disse ainda que os detalhes das mortes, como a identidade das vítimas e as causas, ainda estavam sendo confirmados.

Equipes das Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros e da Polícia foram mobilizadas e enviadas para as regiões mais afetadas pelos tremores.

Uma das vítimas fatais morreu em uma propriedade rural que fica localizada a 150 km da cidade de Christchurch. Em Kaikoura, um vilarejo próximo, outra pessoa morreu em um desabamento de uma residência.

Na cidade de Wellington, fissuras foram abertas no asfalto, e vários veículos ficaram danificados. – Foto: Ross Serford/SNPA/AP

Na cidade de Wellington, fissuras foram abertas no asfalto, e vários veículos ficaram danificados. – Foto: Ross Serford/SNPA/AP

A Defesa Civil da Nova Zelândia informou que foi emitido alerta de tsunami para toda a Costa Leste do país, mas que o mesmo foi cancelado cerca de 45 minutos depois.

Por precaução, as autoridades neozelandesas determinaram a evacuação de toda a Costa Leste. Várias pessoas, no entanto, se recusaram a sair e algumas foram detidas.

Vilarejos rurais localizados na Ilha do Sul estão isolados devido aos deslizamentos de terra. Serviços básicos como fornecimento de energia elétrica e de telefonia fixa e móvel foram suspensos.

Há relatos de tremores secundários, alguns deles chegando a 6,2 graus na Escala Richter. Equipes de resgate e helicópteros foram enviados para as regiões mais atingidas.

Em fevereiro de 2011, um forte terremoto de magnitude de 6,3 graus na Escala Richter atingiu a cidade de Christchurch, a maior da Ilha do Sul, causando a morte de 185 pessoas. Prédios históricos foram destruídos.

A Nova Zelândia encontra-se situada na falha entre as placas tectônicas do Pacífico e da Oceania, e registra cerca de 14 mil terremotos a cada ano, dos quais entre 100 e 150 com poder de destruição.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo