Tiroteio em escola deixa 3 pessoas feridas nos EUA

Policiais cercam a Townville Elementary School, na Carolina do Norte (EUA), onde foram disparados tiros nesta quarta-feira (28/09) – Foto: AP Photo/Rainier Ehrhardt

Policiais cercam a Townville Elementary School, na Carolina do Norte (EUA), onde foram disparados tiros nesta quarta-feira (28/09) – Foto: AP Photo/Rainier Ehrhardt

Um tiroteio ocorrido na manhã desta quarta-feira (28/09), em uma escola do Estado da Carolina do Norte, nos Estados Unidos (EUA), deixou três pessoas feridas. O suspeito, um adolescente de aproximadamente 16 anos de idade, cuja identidade não foi divulgada, foi detido e levado a uma Delegacia de Polícia.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, o tiroteio aconteceu na Escola Townville Elementary School, nas proximidades da fronteira com o Estado da Georgia.

Policiais e agentes do FBI (Polícia Federal dos EUA) estiveram na casa do suspeito e encontraram o pai dele morto. Provavelmente ele tenha sido assassinado pelo próprio filho.

Os três feridos, duas crianças e uma professora, foram socorridos e encaminhados as presas a um hospital da região. Todos estão fora de perigo, mas devem permanecer internados em observação.

Um dos alunos foi atingindo na perna e o outro no pé. Já a professora foi atingida no ombro quando tentava proteger as crianças. Não há previsão para que os feridos recebam alta.

O delegado do Condado de Anderson, onde fica localizada a Escola Townville Elementary School, Greg Shore, disse em entrevista coletiva que uma morte ocorrida a quase 3 km de distância do estabelecimento de ensino está sendo investigada para verificar se tem relação com o tiroteio de hoje.

Os motivos que levaram o adolescente a atirar contra os estudantes e a professora ainda são desconhecidos, mas estão sendo analisados e investigados pelas autoridades policiais.

Informações preliminares revelam que o atirador chegou a escola armado e que imediatamente começou a ameaçar a todos, tendo os funcionários e professores trancado as portas das salas de aula, biblioteca e secretaria.

A polícia e os bombeiros foram acionados e rapidamente enviaram equipes para o local, que foi cercado e isolado. Helicópteros da polícia aterrissaram nas proximidades.

Policiais conseguiram resgatar alguns estudantes que estavam do lado de fora do prédio e os levaram a uma Igreja que fica localizada nas proximidades.

Emissoras de TV enviaram equipes para o local e iniciaram as transmissões, mostrando imagens da escola cercada pela polícia. Pais de alunos entraram em pânico e se deslocaram para a região.

Agentes do FBI e bombeiros tentaram acalmar os pais dos alunos que exigiam notícias dos filhos. As ruas próximas foram interditadas.

A escola tem aproximadamente 300 alunos, da pré-escola ao 6º ano, e fica localizada em uma área rural.

Com informações da Agência Associated Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo