Atentado a bomba deixa 27 mortos e 40 feridos no Afeganistão

Atentado a bomba causou a morte de pelo menos 27 mortos e deixou outras 40 feridas na manhã desta quinta-feira (30/06) em Cabul, capital do Afeganistão. – Foto: Rahmat Gul/AP

Atentado a bomba causou a morte de pelo menos 27 mortos e deixou outras 40 feridas na manhã desta quinta-feira (30/06) em Cabul, capital do Afeganistão. – Foto: Rahmat Gul/AP

Um atentado a bomba ocorrido na manhã desta quinta-feira (30/06), por volta das 09h35min (horário de Brasília), em um bairro de Cabul, Capital do Afeganistão, causou a morte de pelo menos 27 pessoas e deixou outras 40 feridas. O número de vítimas, no entanto, deve aumentar nas próximas horas.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, o ataque foi contra um comboio da polícia que trafegava por uma movimentada via pública no Bairro Company. Muitos civis foram mortos e/ou ficaram feridos.

Equipes de resgate, policiais e membros das Forças de Segurança do país foram mobilizadas e enviadas para o local, que já está isolado e cercado.

As pessoas que não ficaram feridas estão deixando rapidamente a aérea, mas antes, porém, elas estão sendo identificadas, já que ainda pode haver suspeitos/terroristas no local.

As autoridades policiais afegãs informaram agora a pouco que houve duas explosões, e que ambas tiveram como alvos o comboio policial. Até o momento foram confirmadas a morte de 25 policiais e de 2 civis, e ferimentos em outras 40 pessoas.

Os corpos das vítimas fatais estão sendo recuperados e levados para necrotérios de hospitais próximos. Já os feridos estão recebendo os primeiros socorros no local da tragédia, tendo alguns sido levados as presas aos mesmos hospitais.

O chefe de polícia de Cabul, Abdul Rahimi, informou agora a pouco que o Talibã reivindicou a autoria dos ataques. Porém, ele acredita que os mesmos possam ter sido cometidos por jihadistas do Estado Islâmico.

Um cinegrafista da Agência AFP disse ter visto pelo menos três ônibus destruídos, os quais levavam policiais. Outros dois carros que estavam estacionados nas proximidades também foram atingidos e destruídos.

O porta-voz do Talibã, Zabihullah Mujahid, disse em um comunicado distribuído à imprensa local e estrangeira, que “O ataque era dirigido contra dois ônibus de recrutas da polícia em Cabul, muitos morreram e ficaram feridos”.

As autoridades afegãs disseram que três ônibus foram alvos dos ataques, sendo que o primeiro levava oficiais e os outros dois apenas recrutas. Os veículos seguiam em direção a Academia de Polícia de Wardak, localizada a Oeste de Cabul, capital do país.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo