LBV contribui com debate sobre crise migratória na ONU

Vista parcial do público presente nos debates da 54ª sessão da Comissão da ONU para o Desenvolvimento Social, evento que ocorre na sede das Nações Unidas em Nova York (EUA), até o dia 12 de fevereiro – Foto: Danilo Parmegiani

Vista parcial do público presente nos debates da 54ª sessão da Comissão da ONU para o Desenvolvimento Social, evento que ocorre na sede das Nações Unidas em Nova York (EUA), até o dia 12 de fevereiro – Foto: Danilo Parmegiani

Segundo relatório da Agência das Nações Unidas sobre Refugiados, mais de 60 milhões de pessoas estão deslocadas atualmente de seus países de origem devido a crises como conflitos armados, perseguições e catástrofes naturais. Um número recorde que supera até mesmo o período da Segunda Guerra Mundial.

Para debater esse tema em toda a sua abrangência e repensar o desenvolvimento social no mundo contemporâneo, organizações de todos os continentes se reunirão na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, durante a 54ª sessão da Comissão da ONU para o Desenvolvimento Social, de 3 a 12 de fevereiro. Integra a programação oficial um painel temático sobre “Educação para a inclusão sustentável de populações deslocadas”, no próximo dia 11, coorganizado pela Legião da Boa Vontade (LBV) e pelo Comitê de ONGs para Educação.

A LBV representará a América Latina no painel, contribuindo com a experiência da Instituição com o fenômeno migratório. O objetivo é cooperar com países e organizações que lidam com grandes deslocamentos populacionais em outras partes (refugiados de guerras, fomes, problemas climáticos, ondas de imigração etc.).

Vale ressaltar que, há mais de 20 anos, a Legião da Boa Vontade tem atuado em parceria com a ONU. Em 1994, associou-se ao Departamento de Informação Pública e, em 1999, foi a primeira instituição da sociedade civil brasileira a obter o status consultivo geral (grau máximo) no Conselho Econômico e Social (Ecosoc).

As informações sobre a participação da LBV na 54ª sessão da Comissão da ONU para o Desenvolvimento Social podem ser acompanhadas pelo site www.boavontade.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo