Imigrantes morrem de frio no Mar Egeu, entre a Grécia e a Turquia

Criança é resgata por voluntários na ilha de Lesbos, na Grécia. Os imigrantes recebem agasalhos e cobertores – Foto: Aris Messinis/AFP

Criança é resgata por voluntários na ilha de Lesbos, na Grécia. Os imigrantes recebem agasalhos e cobertores – Foto: Aris Messinis/AFP

Duas imigrantes morreram de frio na madrugada desta quarta-feira (20/01) no Mar Egeu, nas proximidades da Ilha de Lesbos, na Grécia, durante a travessia.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, as duas imigrantes, uma mulher de 27 anos e uma menina de cinco anos, estava em um barco com aproximadamente 55 pessoas, quando este afundou nas águas geladas do Mar Egeu.

Equipes de resgate e membros da Guarda Costeira Grega conseguiram salvar 50 pessoas, mas as duas vítimas morreram de frio antes que pudessem ser resgatadas.

Os imigrantes deixaram o território turco e seguiam em direção a Grécia, com o objetivo de entrar na Europa. Todos fugiam da Guerra Civil em seus países.

A Guarda Costeira da Grécia informou que as duas vítimas chegaram a ser socorridas com vida, mas que elas morreram de hipotermia quando estavam recebendo os primeiros-socorros.

Um barco da Guarda Costeira Grega recebeu os demais imigrantes, que foram agasalhados com casacos e cobertores, e recebem sopa e chocolate quente.

Voluntários socorrem mulher imigrante na Ilha de Lesbos, na Grécia – Foto: Santi Palacios/AP

Voluntários socorrem mulher imigrante na Ilha de Lesbos, na Grécia – Foto: Santi Palacios/AP

Nesta época do ano a temperatura na região do Mar Egeu, entre a Grécia e a Turquia, é de aproximadamente -1º C, mas mesmo com tanto frio, os imigrantes continuam deixando seus país de origem em busca de paz e tranquilidade.

Neste momento chega à redação do Campo Grande Notícias, a informação de que mais de mil imigrantes chegaram hoje a Ilha de Lesbos, a Grécia. Na terça-feira (19/01), cerca de 800 imigrantes chegaram a região.

Dados divulgados hoje pela Organização Internacional para as Imigrações (OIM) revelam que entre 1º e 18 de janeiro deste ano morreram 77 pessoas, quando tentavam chegar a Grécia atravessando o Mar Egeu de barco.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo