Barco com imigrantes naufraga no litoral da Grécia e mata pelo menos 7 pessoas

Acidente envolvendo duas embarcações, sendo uma balsa com imigrantes e um barco da Guarda Costeira Grega, nas proximidades da Ilha de Lesbos, causou a morte de pelo menos sete pessoas, entre elas três crianças e um bebê.

Oficiais da Guarda Costeira da Grécia resgatam corpos de imigrantes que morreram nesta quinta-feira (15/10) nas proximidades da Ilha de Lesbos – Foto: Giorgos Moutafis/Reuters

Oficiais da Guarda Costeira da Grécia resgatam corpos de imigrantes que morreram nesta quinta-feira (15/10) nas proximidades da Ilha de Lesbos – Foto: Giorgos Moutafis/Reuters

Uma balsa com imigrantes a bordo colidiu na manhã desta quinta-feira (15/10) em um barco da Guarda Costeira Grega, nas proximidades da Ilha de Lesbos, no litoral Sul da Grécia, causando a morte de pelo menos sete pessoas, sendo três adultos do sexo masculino, três crianças com idades entre 8 a 12 anos, e um recém-nascido.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, as causas do acidente ainda são desconhecidas, mas elas já começaram a ser investigadas pelas autoridades portuárias gregas.

Segundo fontes da Polícia Grega, uma mulher continua desaparecida. Buscas estão sendo realizadas nas imediações da Ilha de Lesbos com o objetivo de encontrá-la com vida, mas até o momento o resultado foi negativo.

Fotografias da Agência de Notícias Reuters mostram as equipes de resgate retirando da água o corpo de uma criança, provavelmente do sexo masculino. A imagem causou indignação na Comunidade Internacional.

O Ministério da Marinha Mercantil da Grécia informou que a balsa utilizada pelos imigrantes era muito frágil, feita de madeira, e ela não teria suportado a colisão, naufragando em pouco segundos.

Refugiados e imigrantes chegaram na manhã desta quinta-feira (15/10) à Ilha de Lesbos, na Grécia, depois que seu barco afundou – Foto: Dimitar Dilkoff/AFP

Refugiados e imigrantes chegaram na manhã desta quinta-feira (15/10) à Ilha de Lesbos, na Grécia, depois que seu barco afundou – Foto: Dimitar Dilkoff/AFP

Testemunhas que estava na praia na Ilha de Lesbos, na província de Lolyvos, disseram que o piloto da balsa teria tentado fugir do barco da Guarda Costeira, quando aconteceu o acidente.

A imagem dos guardas gregos resgatando o corpo da criança lembra a de Aylan Kurdi, um menino sírio de três anos que morreu afogado em uma praia em Bodrun, na Turquia. Na ocasião, o guarda turco que resgatou o corpo de Aylan Kurdi, não aguentou a emoção e chorou.

Informações preliminares revelam que a balsa levava 40 imigrantes, e que a embarcação teria saído da Turquia.

Oficial da Guarda Costeira da Grécia resgata o corpo de uma criança que morreu afogada nas proximidades da Ilha de Lesbos – Foto: Giorgos Moutafis/Reuters

Oficial da Guarda Costeira da Grécia resgata o corpo de uma criança que morreu afogada nas proximidades da Ilha de Lesbos – Foto: Giorgos Moutafis/Reuters

Com informações das Agências Reuters e France Presse

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo