Ataque aéreo mata comandante do EI no Afeganistão

Um ataque aéreo ocorrido na manhã deste sábado (11/07) na cidade de Achin, no Leste do Afeganistão, causou a morte de um importante comandante do Estado Islâmico (EI), segundo informações das autoridades locais.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais de notícias, em menos de uma semana este é o quarto membro do alto escalão do Estado Islâmico morto em ataques aéreos na região.

Além de Hafez Saeed, também morreram no ataque aéreo outros 30 militantes do EI. Ao todo, 45 pessoas ficaram feridas, entre jihadistas islâmicos e civis.

Informações preliminares revelam que o líder morto hoje atuava no chamado ‘Estado de Khorasan’, que segundo a Direção Nacional de Segurança do Afeganistão, refere-se a um antigo termo que denominava o Afeganistão e o Paquistão como um só país.

A cidade de Achin fica localizada na Província de Nangarhar, e segundo as autoridades afegãs, ainda não foi possível determinar de onde teria partido o ataque, mas que ao que tudo indica o mesmo teria sido realizado por drones dos Estados Unidos (EUA).

No momento do ataque, Hafez Saeed estava reunido com membros do Talibã, um grupo terrorista que dominava o Afeganistão, e que também morreram.

Os líderes do Talibã e do Estado Islâmico que se refugiaram no Afeganistão e no Paquistão têm sido constantemente atacados por drones norte-americanos, e muitos têm sido mortos. Na semana passada, três líderes do EI foram mortos em ataques semelhantes ocorridos nas cidades de Shahidullah Shahid e Gül Zaman.

Com informações das Agências Reuters e AFP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo