Campo Grande / MS quarta-feira 22 de outubro de 2014
Editoria - Mundo

Temporal atinge a Inglaterra e obriga autoridades a fecharem aeroportos e a suspenderam tráfego de trens

Jovem pula uma árvore que foi derrubada pelo temporal que atingiu a cidade de Londres, na Inglaterra, na manhã desta segunda-feira (28/10). – Foto: Olívia Harris/Reuters

Jovem pula uma árvore que foi derrubada pelo temporal que atingiu a cidade de Londres, na Inglaterra, na manhã desta segunda-feira (28/10). – Foto: Olívia Harris/Reuters

Um forte temporal está atingindo desde a madrugada desta segunda-feira (28/10) todo o Reino Unido (Inglaterra, País de Gales e Escócia) e já causou destruição em várias regiões do país. Ainda não há informações sobre possíveis vítimas.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais de notícias, o temporal veio acompanhado de trovoadas e de fortes rajadas de vento, os quais provocaram inundações e alagamentos em várias cidades. Há registro de que rios transbordaram.

As autoridades britânicas determinaram agora a pouco, o fechamento do Aeroporto Internacional de Hearhrow, localizado na capital, Londres. Ao todo, 130 voos foram cancelados.

O sistema ferroviário também foi afetado por causa do temporal, tendo a circulação de trens de várias linhas sido suspensas por tempo indeterminado.

O Governo Britânico informou que foram emitidos 146 alertas de inundações, e que as autoridades de algumas cidades já começaram a evacuar os moradores.

No Sudoeste da Inglaterra, uma das regiões mais afetadas pelo temporal, cerca de 2 mil casas teve o fornecimento de energia elétrico suspenso, sendo que o serviço de telefonia fixo e móvel também foi afetado.

Na Ilha de Wight, os fortes ventos chegaram a 159 km/h, e chegou a destelhar residências e prédios. Várias placas de publicidade, de sinalização e postes e árvores foram derrubadas.

O serviço de trem entre o Reino Unido e a França, o ‘Eurostar’, que passa pelo Canal da Mancha, foi suspenso por tempo indeterminado por causa do temporal. Não há previsão para que os serviços sejam normalizados.

A tempestade está se dirigindo para a França, e deve atingir o país nas próximas horas. Há registro de que mais de 75 mil moradias no Norte da França já se encontram com o fornecimento de energia elétrica suspenso.

As autoridades francesas já tomaram todas as medidas necessárias para evitar maiores danos as províncias que ficam localizadas no Noroeste e Norte do país, determinando inclusive, que as equipes de emergência e o Corpo de Bombeiros fiquem de prontidão.

Com informações das Agências EFE e AFP

Categoria: Mundo

Nenhum comentário

Deixe seu comentário