Reinaldo Azambuja (PSDB) e Juiz Odilon (PDT) disputam o 2º Turno em MS

Os candidatos Reinaldo Azambuja (PSDB) e Juiz Odilon (PDT) disputarão o Segundo Turno das eleições 2018 ao governo do Estado de Mato Grosso, segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) divulgados na noite deste domingo (07/10). Com 100% das urnas apuradas, Azambuja conquistou 44,61% dos votos válidos e Juiz Odilon obteve 31,62% dos votos válidos. O terceiro colocado, Junior Mochi (MDB), teve 11,61% dos votos.

A Saúde Pública foi o foco da campanha de ambos os candidatos que vão ao Segundo Turno, no entanto, eles também ressaltaram que a Segurança Pública e a Educação também são prioridades em Mato Grosso do Sul.

Candidatos Reinaldo Azambuja (PSDB) e Juiz Odilon (PDT) – Fotos: Divulgação

Reinaldo Azambuja fez campanha para a reeleição sem deixar o cargo de governador. Em 12 de setembro deste ano, há pouco mais de um mês das eleições, A Polícia Federal realizou buscas no gabinete do governador e em sua casa.

As buscas foram realizadas com autorização da Justiça e fizeram parte da Operação Vostok, que investiga o suposto pagamento de propina para representantes do governo sul-mato-grossense, em troca de créditos tributários a empresas e indústrias.

Na ocasião, o filho de Reinaldo Azambuja, Rodrigo Silva, foi preso. Ele teve a prisão temporária decretada pela Justiça. Em entrevista coletiva, O governador negou todas as acusações, afirmando que estava sendo alvo de uma armação.

Reinaldo Azambuja afirmou que caso seja eleito, irá construir novos presídios no Estado e regionalizará a saúde pública, com ações como a Caravana da Saúde.

Já o Juiz Odilon afirmou que se for eleito para o cargo de governador, uma das primeiras medidas que irá adotar será investir na segurança pública, principalmente na região de fronteira, por onde chegam armas de drogas oriundas do Paraguai e da Bolívia.

Lembrando que as eleições para o Segundo Turno serão realizadas no dia 28 de outubro de 2018, das 08h às 17h (horário de Brasília)

Com informações das Agências Brasil e Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo