Em abertura, 750 pessoas se encantam com Festival das Artes Plásticas

Exposição segue aberta até dia 31 de outubro com visitação gratuita de terça a domingo das 10h às 22h no Armazém Cultural.

As artes plásticas tomaram conta do Armazém Cultural desde terça-feira (2), quando aconteceu a abertura do II Festival das Artes Plásticas de Campo Grande. São 160 artistas participando do evento com 480 obras. A exposição segue até o dia 31 de outubro no mesmo local, de terça a domingo das 10h às 22h, sempre com entrada gratuita. O evento conta com recursos do FMIC (Fundo Municipal de Investimento Cultural), advindos da Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo).

Esculturas de diversos tamanhos, telas com pinturas, desenhos e gravuras que retratam a história e cultura de Mato Grosso do Sul, fotografias com nossas belezas naturais e instalações que causam reflexão encantaram as cerca de 750 pessoas que estiveram na abertura do evento. Também teve a apresentação do quarteto de cordas Tokata.

Foto: Divulgação

“Gostei muito de tudo que está aqui, não sabia que tínhamos tantos artistas em nosso Estado. É uma oportunidade incrível e bastante rica de conhecer mais sobre nossa cultura”, pontua a cozinheira Camila Santana.

O festival conta com a participação tanto de artistas jovens quanto de artistas com mais experiência e até já consagrados. Este ano o homenageado é o artista plástico Luiz Xavier, que retrata em sua obra a natureza e o cenário rural de Mato Grosso do Sul. “Estamos vivendo tempos difíceis e são nesses momentos que vem as inspirações. Nós temos amor pela arte e cultura, eventos como este nos deixa muito animados, nos inspira”, afirmou.

Para a artista plástica Anelise Godoy, que participa do festival com a série Veios de Dentro, com obras de mármore branco, rosa e escuro, o evento é importante por dar oportunidade a artistas iniciantes de exporem com artistas com mais experiência. “Não é um festival seletivo, é inclusivo. Os mais jovens podem expor com artistas consagrados e ainda há uma premiação muito legal, sem falar do público que poderá conhecer uma diversidade grande de artistas”, declara.

Foto: Divulgação

Premiação

Uma curadoria avaliará todos os trabalhos e escolherá os três melhores em cada categoria. Serão levados em conta a criação, qualidade técnica e valor cultural. O primeiro colocado receberá R$ 4 mil, o segundo R$ 2.500 e o terceiro R$ 1.500. A premiação é a mesma para todas as categorias.

Além da escolha dos curadores haverá um prêmio para a obra mais votada por júri popular, que ganha R$ 1 mil e mais 20 obras receberão o prêmio R$ 700.  Um artista ainda ganha uma honraria de conjunto de obra.

Apoiam o II Festival das Artes Plásticas a TVE MS, Energisa e o vereador Eduardo Romero.

Serviço – O Armazém Cultural fica no início da Avenida Calógeras, ao lado da Feira Central. A visitação pode ser feita de terça-feira a domingo das 10h às 22h. A entrada é gratuita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo