Enxurrada em cânion na Ilha de Córsega, na França, deixa 5 mortos

Uma forte enxurrada em um cânion localizado na Ilha de Córsega, na França, causou a morte de pelo menos cinco pessoas nesta quarta-feira (1º de agosto), segundo informações das autoridades locais.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, a região está sendo atingida por fortes tempestades, tendo a água do Rio Ziocu, em Soccia, aumentado de volume e transbordado, provocando a inundação do cânion, onde estavam vários turistas.

Equipes de resgate procuram nesta quinta-feira (2) por corpos de vítimas de acidente no Cânion Zoicu em Soccia, na Ilha de Córsega, na França – Foto: Pascal Pochard-Casabianca/AFP

Ao todo, 13 pessoas foram arrastadas pelas águas, tendo sete delas conseguido se agarrar em pedras e se salvar. Os sobreviventes foram resgatados e levados a hospitais da região.

Os corpos das demais vítimas foram recuperados e levados para o necrotério de um hospital na mesma região. Entre os mortos está uma menina de 7 anos e seu pai.

Além desses, também morreram no incidente, o guia da Empresa Alticanyon, de 36 anos; um jovem de 26 anos e uma moça de aproximadamente 22 anos, cujo corpo somente foi encontrado na manhã desta quinta-feira (02/08).

Testemunhas que presenciaram o acidente disseram que todos estava praticando e esporte conhecido como ‘canionismo’, quando foram surpreendidos pela forte enxurrada, que arrastou a todos.

O corpo da última vítima, localizado hoje pelas equipes de resgate, foi levado de helicóptero para o Hospital de Ajaccio, no Oeste da Ilha Córsega.

Outros dois turistas, um homem de 40 anos e seu filho de 16 anos, tiveram sorte e não foram arrastados pela enxurrada, sendo salvos por um guia de outro grupo que estava um pouco mais acima desta trilha.

Uma fonte da promotoria, encarregada pelas investigações, disse que o acidente pode estar ligado a uma imprudência, já que todos sabiam que na região chovia forte.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo