Atentado deixa ao menos 6 mortos e 15 feridos na Tunísia

Foto: Divulgação

Um atentado ocorrido na manhã deste domingo (08/07) em um posto de controle que fica localizado próximo à fronteira com a Argélia matou pelo menos seis pessoas no Norte da Tunísia e deixou outras 15 feridas. Todas as vítimas são agentes da Guarda Nacional.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, o ataque ocorreu na cidade de Ghardimaou, e atingiu o prédio do Posto de Controle e dois veículos que estavam estacionados nas proximidades.

Testemunhas disseram que os dois veículos atingidos faziam parte de um comboio de oficiais tunisianos e que logo após o ataque, suspeitos foram vistos deixando o local apressadamente. Até o momento nenhum grupo assumiu a autoria do ataque.

O porta-voz da Guarda Nacional, coronel Houcemeddine Jebabli, informou que o veículo onde estava a patrulha teria passado por uma mina colocada na estrada, provavelmente por terroristas que tentam desestabilizar o governo central.

Os terroristas estão sendo procurados pela polícia, agentes de segurança e membros das Forças Armadas, que utilizam helicópteros na procura dos suspeitos. Todos os feridos foram socorridos e encaminhados para o Hospital Regional de Ghardimaou.

A Tunísia foi palco da Primavera Árabe em 2011, que culminou com a deposição do ditador Zine El Abidine Bem Ali. Após, foi instaurado um regime democrático no país, caso raro em todo o mundo árabe.

Desde então, a nação vem sofrendo as consequências da estagnação econômica, crise político-social e, sobretudo, a desilusão do povo com a recém-instaurada democracia.

Nas eleições de maio deste ano, apenas 34% dos eleitores compareceram às urnas.

Com informações das Agências Reuters e France Presse

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo