Violentos confrontos na Faixa de Gaza deixam 350 palestinos feridos

Cerca de 350 palestinos ficaram feridos na manhã desta sexta-feira (13/04) na fronteira entre a Faixa de Gaza (Palestina) e Israel, em decorrência de violentos confrontos entre palestinos do Hamas e soldados israelenses.

O porta-voz do Exército de Israel informou que seus soldados foram atacados com pedras e, que para se defenderem, tiveram que disparar contra os agressores.

Palestinos se protegem de bombas de gás lacrimogênio durante os violentos confrontos na fronteira entre a Faixa de Gaza e Israel – Foto: Mahmud Hams/AFP

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, milhares de palestinos se reuniram na fronteira entre os dois Estados para protestar contra a ocupação de seu território, mas que ao perceberem a chegada das tropas israelenses, decidiram reagir.

Esta é a terceira sexta-feira de protestos na fronteira entre a Faixa de Gaza e Israel. A série de manifestações foi convocada pelo Grupo Hamas, que controla a região e terá seis semanas de duração.

O porta-voz do Grupo Hamas informou que a manifestação é contra o bloqueio imposto por Israel na Faixa de Gaza, impedindo que produtos essenciais cheguem até os palestinos, como alimentos, medicamentos e materiais de construção.

Palestinos tentam se deslocar durante confronto com as forças de segurança israelenses nesta sexta-feira (13/04) – Foto: Mahmud Hams / AFP)

O Hamas exige ainda o retorno de 700 mil palestinos que foram expulsos de suas terras e/ou que fugiram durante a guerra de 1948.

Os violentos confrontos tiveram início no dia 30 de março deste ano e já causaram a morte de pelo menos 35 palestinos e deixaram milhares de outros feridos.

Com informações das Agências AFP e ANSA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo