Tiroteios deixam 5 mortos em diferentes bairros de Belém (PA)

Foto: TV Globo/Reprodução

A Polícia Militar do Pará divulgou na manhã desta quarta-feira (06/12), a informação de que policiais da corporação foram acionados para atender a várias ocorrências de tiroteios em três bairros de Belém, capital do Estado, que resultou na morte de cinco pessoas. Os suspeitos ainda não foram identificados, localizados e/ou detidos.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pela Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM), os crimes aconteceram na noite de terça-feira (05/12) nos bairros do Tenoné, de Pedreiras e de Jurunas. As características das mortes são semelhantes e podem ter sido cometidas pelo mesmo grupo.

Segundo os dados que constam nos respectivos Boletins de Ocorrências (BO), o primeiro crime aconteceu por volta das 22h15min (horário de Brasília), no Bairro Conjunto Helena Coutinho, onde foram mortos a tiros os Jovens G. B., de 25 anos; R. S. S., de 24 anos e J. C. A. M., de 23 anos.

O segundo tiroteio aconteceu por volta das 22h45min (horário de Brasília), na região conhecida como Portal da Amazônia, onde foi morto a tiros o Jovem T. M. S., de 29 anos.

Segundo informações preliminares, T. M. S. era foragido da polícia e foi executado com pelo menos cinco tiros disparados à queima-roupa.

Logo em seguida, a mesma equipe da Polícia Militar atendeu outra ocorrência de tiroteio, desta vez na Região de Pedreira, onde um homem não identificado foi morto a tiros. Testemunhas disseram que na ação houve troca de tiros entre a vítima e os suspeitos, que fugiram do local em alta velocidade, em um carro na cor branca.

Testemunhas dos outros crimes disseram que os suspeitos também estavam em um veículo na cor branca. Os crimes de ontem já está sendo conhecido na cidade de Belém como ‘vítimas do carro branco’.

Em nota divulgada à imprensa, a Assessoria de Imprensa da Polícia Civil de Belém informou que existem semelhanças nos crimes, mas que ainda é cedo para dizer de que todas as vítimas foram mortas pelo(s) mesmo(s) suspeito(s).

Buscas foram realizadas nas respectivas regiões onde os crimes foram cometidos, mas até o momento nenhum suspeito foi identificado, localizado e/ou preso.

Com informações das Assessorias das Polícias Civil e Militar de Belém (PA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo