Terroristas invadem e atacam emissora de TV no Afeganistão

Policiais e membros das Forças de Segurança chegam ao local do ataque à sede da Emissora RTA em Jalalabad, no Afeganistão – Foto: Parwiz / Reuters

Um grupo de homens fortemente armados invadiu na manhã desta quarta-feira (17/05) a sede da Rádio e Televisão Nacional do Afeganistão (RTA), localizada na cidade de Jalalabad. Ainda não há informações sobre possíveis vítimas.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, os terroristas, cerca de três homens armados, invadiram a emissora de rádio e de televisão e começaram a atirar contra os funcionários e jornalistas. Equipes da polícia e da Força de Segurança foram acionadas e rapidamente chegaram ao local, que foi isolado e cercado.

Testemunhas disseram que houve troca de tiros entre os terroristas e policiais, sendo que os três suspeitos foram mortos por agentes da Força Nacional de Segurança. Há relatos, ainda não oficialmente confirmados, de que outros dois suspeitos em um veículo conseguiram fugir em alta velocidade.

Neste momento chega à redação do Campo Grande Notícias, a informação de que o grupo jihadista Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria do ataque. A notícia foi repassada através da Agência Amaq, afiliada ao grupo terrorista.

O porta-voz da província de Nangarhar, Hazrat Hussain Mashriqiwal, disse em entrevista coletiva concedia a jornalistas locais e estrangeiros, que o ataque deixou dois mortos e 17 feridos. Ainda não se sabe se as vítimas são todas civis.

A Emissora RTA interrompeu a programação e anunciou ao vivo que sua sede em Jalalabad, capital da Província de Nangarhar, estava sendo atacada por terroristas, e pediu a população local que ficasse dentro de casa.

Um funcionário da RTA, que pediu anonimato, disse por telefone que vários homens-bombas entraram o prédio, e que houve intensa troca de tiros entre os terroristas e os seguranças.

Este funcionário conseguiu deixar a sede da RTA em Jalalabad e correu em direção a uma delegacia de polícia, aonde permanece em segurança.

O porta-voz do governador de Nangarhar, Attaullah Khogyanai, disse em entrevista à Agência France Presse, que o ataque ocorreu por volta das 10h05min (horário local), e que o número de suspeitos ainda é incerto, e que as autoridades policiais já sabem que houve três explosões dentro do prédio da emissora de Rádio e TV.

A província de Nangarhar, fica localizada na fronteira com o Paquistão e é considerada uma das mais conturbadas, por ser reduto do Estado Islâmico, além de ter importantes líderes do Talibã.

Com informações das Agências Reuters e France Presse

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo