Especialista lista cinco tipos de negócios para abrir com pouca ‘grana’ e bombar na internet

Fabio Duran, do Elefante Verde, especialista em marketing digital para pequenas empresas, aponta negócios que estão se saindo bem em plena crise.

Empresário Fabio Duran, do Elefante Verde – Foto: Divulgação

Empresário Fabio Duran, do Elefante Verde – Foto: Divulgação

Abrir a própria empresa parece muitas vezes uma tarefa árdua e cara. No entanto, existem ramos de atuação nos quais o empreendedor pode se dar bem gastando muito pouco. Abaixo listamos cinco tipos de negócio que podem ser tocados com ‘pouca grana’ e que, com ajuda das vendas geradas pela internet, são boas pedidas para ‘bombar’ no atual cenário econômico do país.

Quem dá as dicas é Fabio Duran, do Elefante Verde, uma plataforma digital que virou franquia e conecta mais de mil pequenos empresários à internet e a seus clientes no âmbito digital. Duran é especialista em marketing digital e já palestrou em dezenas de eventos do Sebrae. O Elefante Verde também faz parte do seleto grupo de empreendedores do projeto Endeavor Conecta, que seleciona os empresários mais criativos no âmbito corporativo nacional e internacional.

A lista abaixo foi feita com base em uma pesquisa com todos os clientes da plataforma e buscou os ramos que tiveram resultados práticos positivos com a adoção de técnicas de marketing digital. Mais de 90% dos clientes do Elefante Verde são MEIS (Micro-empreendedores individuais) que faturam até R$ 60 mil por ano. Segundo reportagem do Valor Econômico, publicada em maio de 2016, o número de microempreendedores com CNPJ (MEIS) saltou de 3,6 milhões em 2013 para mais de 6 milhões em 2016.

Empresário Caio Sigaki – Foto: Divulgação

Empresário Caio Sigaki – Foto: Divulgação

  1. Venda de bolos caseiros: Criar e vender bolos caseiros se tornou uma verdadeira febre nos últimos anos. O negócio tomou conta de inúmeras lojas físicas, mas o novo e grande aliado deste segmento é a internet. Os bolos geram imagens bacanas e gostosas para serem colocadas na rede, no site próprio e nas redes sociais. Participar de guias locais que falem mais sobre seu negócio e buscar o contato com seus clientes na própria internet é fundamental para se dar bem neste ramo. O custo para montagem do negócio é realmente baixo, uma vez que você pode entregar os bolos que vendeu pela internet via parceria com empresas de motoboy, por exemplo.
  2. Produtos e decoração para festas infantis: Os pais continuam querendo presentear seus filhos com festas legais, mas o custo dos buffets assusta. Negócios de locação de infláveis (piscina de bolinha, futebol de sabão e etc) são boas pedidas e o ponto de partida para esta busca é o Google. Contar com um site ilustrativo, com boas fotos e bem objetivo, com custos enxutos podem trazer resultados ótimos.
  3. Serviços de estética em domicílio: O alto custo dos aluguéis e de mão de obra têm assustado os clientes deste segmento, mas a demanda não tem caído de forma vertiginosa. Profissionais que trabalham com massoterapia, penteados, maquiagem, unhas e outros tipos de negócio ligados à estética tem se dado bem. É mais um tipo de negócio que quando atrelado a um bom site, uma boa estratégia nas redes sociais e boas promoções faz sucesso, sobretudo entre as mulheres. Trabalhar com custo fixo baixo e atender os clientes em domicílio, com visitas marcadas com ajuda da internet é a grande sacada do negócio.
  4. Comida rápida delivery: O segredo na crise é fugir dos custos fixos. Negócios de comida rápida, sem ponto fixo, que usam a internet como forma de interação e divulgação estão se dando muito bem em momento de crise, sobretudo os que possuem um apelo mais saudável. É possível vender salada em potes de vidro, divulgando via facebook, com fotos apetitosas ou mesmo via Google. Com um site atrativo é possível criar estratégias de cupons para os clientes que querem adquirir ‘combos’ e se alimentar de forma saudável a semana toda.
  5. Petshop: Os apaixonados por cães adoram divulgar fotos e buscar produtos e serviços pela internet. Tanto na área de produtos, quanto em serviços como tosa e banho é possível usar a rede para divulgar a sua empresa. Os resultados costumam ser ótimos já que o serviço em casa em geral gera uma margem de lucro maior e mais comodidade ao cliente atendido. Para conquistar a clientela é fundamental ter um bom site, que especifique os serviços e até mesmo usar o whatsapp para dialogar e negociar com novos consumidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo